Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Dia Mundial de luta contra a pobreza

Mäyjo, 17.10.18

5304128_JzyvM.jpeg

17 de Outubro é Dia Mundial de luta contra a pobreza.

É sempre difícil imaginarmos a grandeza dos níveis de pobreza no Mundo inteiro e, mais ainda, uma forma de ajudarmos a minorá-la.

Sendo missão da Oikos a erradicação da pobreza, neste dia associamo-nos a essa causa e propomos que faça neste dia um donativo de 1€. Sendo um valor pequeno, se todos contribuírem será significativo para milhares de pessoas a quem a Oikos leva a esperança de uma vida mais digna.

 
Vivemos, ainda hoje, num Mundo onde mais de mil milhões de pessoas (uma em cada sete) passam fome e 200 milhões sobrevivem sem emprego. No entanto, somos a primeira geração da história da humanidade com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade.


 
Temos os meios. Será que temos a vontade?

Vamos mostrar que não somos indiferentes e exigimos mudança… antes que seja tarde demais! 

erradicao_site.jpg

E ofereça o seu sorriso a alguém, como sinal de esperança num Mundo que todos queremos que seja melhor… é impagável a força de um sorriso.

 

Fonte das imagens:crebis-ebis.blogspot.com e caritas.pt

17 de outubro, Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza

Mäyjo, 17.10.17
Vivemos, ainda hoje, num Mundo onde mais de mil milhões de pessoas (uma em cada sete) passam fome e 200 milhões sobrevivem sem emprego.
 
O compromisso mundial assumido em 2000 - de erradicação da Pobreza Extrema em 15 anos através do cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) - chegou ao fim e, no entanto, apenas alguns objetivos foram atingidos. Há ainda muitas pessoas – uma que fosse, seria demais – a viver abaixo do limiar da pobreza.

No entanto, somos a primeira geração da história da humanidade com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade.

No dia 17 de outubro comemora-se o Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza. Este é um dia em que não podemos ficar indiferentes, é um dia que representa uma excelente oportunidade para informar e sensibilizar crianças, jovens e adultos para a dura realidade da pobreza extrema e para a necessidade urgente de atuar no sentido da erradicação da mesma.

Fica assim o convite para que, neste dia, organizem-se iniciativas individuais ou em conjunto como: "um minuto de silêncio" e/ou "um cordão humano", e seja lido o "Manifesto contra a Pobreza".

No dia 17 de outubro, poderão ser partilhadas fotos e/ou vídeos das ações realizadas através do Facebook, colocando na legenda as hashtags #pobrezazero #comecaemti. Podem também enviar-nos por email para que sejam publicadas por nós! Esta é uma forma de mostrar o nosso compromisso, em solidariedade com todos aqueles que acreditam num mundo em que a pobreza e a fome podem e têm que acabar.

Porque acreditamos que pequenos gestos e ações podem transformar-se em grandes concretizações, vamos mostrar que não somos indiferentes e exigimos mudança ... Porque somos a primeira geração com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade!

ADIDAS ANGARIA DINHEIRO PARA EMPODERAMENTO DAS MULHERES

Mäyjo, 18.07.17

Adidas UltraBOOST X

Fotos: Adidas

17 de Outubro é Dia Mundial de luta contra a pobreza. Mostre o seu sorriso!

Mäyjo, 17.10.16

mostraoteusorriso2016.jpg

17 de Outubro é Dia Mundial de luta contra a pobreza. É sempre difícil imaginarmos a grandeza dos níveis de pobreza no Mundo inteiro e, mais ainda, uma forma de ajudarmos a minorá-la. Sendo a missão da Oikos essa mesmo - a erradicação da pobreza – propomos que faça neste dia um donativo de qualquer valor. Se cada um contribuír na medida do que lhe é possível, será significativo para milhares de pessoas a quem a Oikos leva a esperança de uma vida mais digna.

 
Vivemos, ainda hoje, num Mundo onde mais de mil milhões de pessoas (uma em cada sete) passam fome e 200 milhões sobrevivem sem emprego. No entanto, somos a primeira geração da história da humanidade com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade.
 
Temos os meios. Será que temos a vontade?
 
Fazendo um donativo simbólico ou não, sugerimos que dia 17 de Outubro seja lido este Manifesto contra a pobreza. Se possível, em grupo (família, colegas, amigos…).
 
Vamos mostrar que não somos indiferentes e exigimos mudança… antes que seja tarde demais! 

E ofereça o seu sorriso a alguém, como sinal de esperança num Mundo que todos queremos que seja melhor… é impagável a força de um sorriso.

OS TRABALHADORES INVISÍVEIS DAS LIXEIRAS DO BANGLADESH

Mäyjo, 19.03.15

bangladesh_SAPO

O Bangladesh é o quarto país mais poluído do mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde, e Dhaka está na lista de metrópoles que ma contribuem para este indesejado prémio. Como país em vias de desenvolvimento, o Bangladesh não tem uma verdadeira estratégia ou política de gestão de resíduos, pelo que imagens como as que partilhamos na fotogaleria são habituais no país.

A lixeira situa-se em Matuail, Dhaka, e recebe o lixo de três milhões e meio de habitantes. Segundo o fotógrafo italiano Cristiano Ostinelli, responsável pelas fotografias, quase todo o lixo é orgânico, pelo que o cheiro é horrível. “A lixeira é quase toda composta por lixo orgânico, pelo que o cheiro é horrível, parece vómito”, esclareceu ao Daily Mail.

Como noutras lixeiras de todo o mundo, são as crianças que procuram objectos de maior valor nesta montanha de resíduos. “É pavoroso ver as crianças, vestidas com roupas rasgadas e algo inexplicável nas mãos. É o Inferno na Terra”, continuou Cristiano Ostinelli.

Os trabalhadores de Mutuail ganham o equivalente a €0,95 por dia mas, incrivelmente, são melhor remunerados que muitos outros profissionais. Hoje, depois da ajuda do Governo japonês, o local deixou de ser uma lixeira de céu aberto e existe algum controlo e até coerência no tipo de resíduo depositado. Todo este trabalho foi feito com Mutuali a receber 1500 toneladas de lixo por dia.

O trabalho mais duro do mundo?